QUANTO EU VOU PAGAR DE IMPOSTOS???

Compartilhe: 


Tipos de impostos:     █ Federal    █ Estadual    █ Municipal    █ Contribuições Trabalhistas


 

Empresa no SIMPLES

 

SIMPLES: a partir 3% (tabela de alíquotas).


ICMS: mínimo de R$ 25,00 a R$ 200,00 para ME (tabela de alíquotas)

            mínimo de R$ 375,00 a R$ 3.250 para EPP (tabela de alíquotas)


ISS: 5% (tabela de alíquotas)


FGTS: 8%

INSS empregados: 7,65% a 11% (vide tabela)

INSS patronal: isento


 

 

Empresa Normal (Lucro Presumido - IRPJ)

 

PIS: 0,65%

COFINS: 3%

CSLL: 1,08%

IRPJ: 15% de base de cálculo sobre alíquota (tabela de alíquotas)


ICMS: 17% (SALDO DE APURAÇÃO DO ICMS)


ISS: 5%


FGTS: 8,5%

INSS empregados: 7,65% a 11% (vide tabela)

INSS patronal: 20%


 

 

Sociedade Simples (antiga Sociedade Civil)

 

PIS: 0,65%

COFINS: 3%

CSLL: 1,08%

IRPJ: 4,8% sobre o faturamento (15% x 32%)


ISS: 5%


FGTS: 8%

INSS empregados: 7,65% a 11% (vide tabela)

INSS patronal: 20%


 

 

O Custo de Um Empregado

A título de encargos trabalhistas, a empresa paga mensalmente o FGTS e o INSS Patronal.

Há ainda o 13º Salário em Dezembro e o adicional de 1/3 sobre férias. O FGTS também incide sobre o 13º salário.

Se o empregado optar por receber Vale Transporte, será descontado apenas 6% do seu salário-base, o custo restante dos vales é da empresa, que deverá conceder todos os Vales Transportes necessários ao deslocamento entre a casa e o trabalho do empregado.

Somando o salário com a provisão do 13º e do Constitucional de férias, mais os percentuais do FGTS e INSS Patronal, mais a diferença que a empresa paga de Vale Transporte, tem-se o custo real de um empregado.

Observe que se um empregado sair de férias e for necessário contratar temporariamente uma outra pessoa para cobrir as férias daquele, a empresa deverá provisionar, além do Constitucional de Férias, um salário para pagar esta contratação.

O termo "provisionar", que ora mencionamos, significa reservar uma parte do custo equivalente à sua distribuição mensal ao longo do ano para o seu pagamento no tempo devido. Em termos práticos, provisionar o 13º, por exemplo, é considerar a divisão da remuneração por 12 (12 meses). O Constitucional de Férias, é considerar a terça parte da remuneração e dividí-la por 12, ou, se preferir, (Remuneração x 1/3) / 12.

Se uma empresa está no SIMPLES, os encargos, incluindo as provisões, é equivalente a 20,316% ou 28,65% se a empresa precisar contratar alguém para cobrir as férias do outro empregado. Não estamos considerando, naqueles percentuais, a parte dos Vales Transportes da empresa, que deve ser calculado à parte porque a quantidade de vales e o seu valor podem variar de acordo com a distância da residência do empregado e os preços da passagem etc.

Para uma empresa que não está no SIMPLES, basta somar 20% do INSS Patronal, aos percentuais que você já aprendeu no parágrafo anterior, resultando encargos de 40,316% ou 48,65%, respectivamente.

 

 

Lembre-se: Os impostos são percentuais!!! Ou seja, são proporcionais ao faturamento. O papel da Numerabilis é tentar Elidir o imposto, mas Evasão do imposto é crime. Caso acredite que seu imposto ainda seja alto, lembre que é por causa do seu faturamento alto e fique feliz pela causa! Que tem uma causa muito maior!!!

 

Ninguém respeita a Constituição, mas todos acreditam no futuro da Nação... Que país é este???

Legião Urbana - Que país é este


ME (Micro Empresa): Atividade comercial com faturamento igual ou inferior a R$ 90.000,00 anuais.

EPP (Empresa de Pequeno Porte): Atividade comercial com faturamento igual ou superior a R$ 360.000,00 anuais.

ICMS: incide sobre comércio de produtos e serviços de transporte e comunicação.

ISS: Imposto sobre serviços.

PIS: Programa de Integração Social.

COFINS: Contribuição para o Fim Social.

IRPJ: Imposto de Renda de Pessoa Jurídica.

FGTS: Fundo de Garantia de Tempo de Serviço.

INSS: Instituto Nacional de Seguridade Social.

Sociais: